Unidades de Pequena Produção

Uma das possibilidades existentes é vender à rede toda a energia (UPP) criando assim um rendimento bastante interessante mensalmente.

As Unidades de Pequena Produção (UPP’s), antiga microprodução e miniprodução, apresentam-se como o novo paradigma da produção distribuída.

Neste modelo de negócio toda a energia produzida é vendida à rede mediante a celebração de um contrato. As Unidades de Pequena Produção são unidades com potência de ligação máxima de 100% da potência contratada, até um máximo de 250 kW.

As UPP são sistema pensados para qualquer pessoa singular ou coletiva, bem como condomínios de edifícios organizados em propriedade horizontal.

Neste caso existem três escalões diferentes (ano 2018):

  • Escalão I- apenas fotovoltaico (tarifa base de 0.095 euros)
  • Escalão II- com carro elétrico ou tomada para carro elétrico (tarifa base de 0.105 euros)
  • Escalão III- com solar térmico 2m2 ou caldeira a biomassa (tarifa base de 0.10 euros)

Após efetuar a inscrição no SERUP deverá pagar a taxa de inscrição e depois escolher o escalão que pertence e depois definir um desconto à tarifa base.

De seguida, final do mês existe um pequeno leilão onde são atribuídas as potências a cada categoria. A tarifa resultante deste leilão ficará definida durante os próximos 15 anos.

Após esta atribuição, pode ser efetuada a instalação e solicitada a inspeção. De seguida é elaborado um contrato com a EDP Universal que irá comprar toda a energia que a central produz.